Blogagem coletiva: Se cuida mãe! Câncer de mama

Assim que recebe o positivo a maioria das pessoas ao seu redor vai alertá-la: você nunca mais será a mesma.

Bem-vinda a viagem mais maluca e emocionante de todas. Bem-vinda a maternidade!

Isso porque a transformação de “simplesmente alguém” no mundo para mãe de alguém é surpreendentemente uma mágica travessia extasiante. No entanto, você logo se dará conta de que não se trata de uma viagem para o paraíso, pelo contrário, nesta viagem não tem férias, não tem descanso, e com passagem só de ida. E não tenha dúvidas quando se questionar: “Nunca mais vou ter tempo pras coisas da vida que levava antes.”

Realmente, é uma viagem sem volta. Mas quando os seus pequenos passageiros tomarem outro rumo e essa viagem se resumir apenas a você e seu marido, e você se ver com os braços livres pra voltar a fazer o que sentia falta vai se dar conta de que falta mesmo faz aquele que preenchia seus braços. Crescer ou deixar crescer é uma dor e uma delícia inexplicável. É a vida. Tudo é cíclico.

Só por ser mãe já é razão suficiente pra preocupação. Preocupação com nossos filhos. E nunca acaba, viu?! Só mudam as fases e as preocupações só aumentam. Mas já parou pra pensar que sua saúde também deve estar dentre as suas principais preocupações?
Porque se não for você quem vai cuidar do seu pequeno como se fosse você?

Mãe é mãe, só muda de endereço. O mundo pode até se transformar. Chegaremos a Mater, Júpiter ou Netuno. Tecnologia e mudanças na cultura. O mundo anda na velocidade da luz enquanto as mães submergem na vida dos filhos. Mas mãe é mãe em qualquer lugar do mundo.

O importante é que você, como mãe, não se esqueça que também é mulher, e em primeiro lugar você precisa estar bem para consigo mesmo e com sua saúde física e mental pra cuidar bem de seus filhos.

A razão pela qual hoje resolvi falar da mãe e não só das crianças é pelo simples fato de que mesmo semelhantes as mães são diferentes umas das outras, mas quando encontramos um grupo de mães estamos todas interligadas, ingressadas em um território onde circula uma afinidade essencial materna. Muitas vezes nos sentimos só, mas basta uivar um pouquinho mais alto pra que todas respondam em uníssono.

É por isso que hoje eu quero te pedir, como mãe, mulher e amiga, vá ao espelho e se olhe. Deixe só por um minutinho de exercer as funções típicas da maternidade e preste atenção no seu corpo, faça o auto-exame no seio. E tenha em mente que não estará fazendo apenas por você, mas sim por todos aqueles que a cercam.

“O câncer de mama ainda é o tipo de câncer que mais mata mulheres em nosso país, é triste pensar que muitos destes casos poderiam ter outro final se a doença fosse descoberta cedo.
O auto-exame, apesar de não substituir uma consulta ao seu ginecologista, pode te ajudar a perceber se alguma coisa está diferente. A grande maioria de tumores e nódulos encontrados neste exame são benignos, mas é importante procurar um médico se você perceber qualquer alteração.

Aprenda a fazer o auto-exame corretamente clicando AQUI

IBCC (Instituto Brasileiro de Controle ao Câncer) promove todos os anos a corrida e caminhada contra o câncer de mama, parte da campanha do Alvo Azul, a corrida e caminhada é uma maneira de conscientizar ainda mais mulheres, promovendo um estilo de vida saudável e elevando a auto estima daquelas que superaram esta terrível doença.

A corrida e caminhada acontece em várias capitais e este ano, a edição de São Paulo contará com o apoio das mães blogueiras.” – do blog Bagagem de Mãe – Loreta Berezutchi

Para se inscrever basta clicar AQUI

Não espere um diagnóstico positivo da doença pra começar a se preocupar com você.

Amor, atenção, coragem!

Beijos Natália Piassentini

Corrida câncer de mama

 

 

 

Deixe seu comentário