(Na pele de mãe)

gvinculo

Iniciamos aqui mais um passo desta nossa jornada.  Mais um desejo saindo diretamente das profundezas do peito e jorrando uma carrada de luz no escuro para as teclas do computador. Mas vamos começar do começo!

Disse alguém, e disse muito bem: “Só sabemos o que esperar quando estamos esperando.”

Porque tudo começou com um Gonadotrofina coriônica, e um mundo mágico se abriu diante de uma pequena porta, e a travessia mágica do “eu” para a “mãe de alguém” aconteceu, teve forma, sentido, e se transformou em 40cm de um cheirinho de RN de trazer paz e sorriso a qualquer coração!

Comecei minha jornada no mundo maternal a 10a1m, e a mais nova a 2a, e desde a segunda viagem que minha participação no mundo da blogosfera materna se tornou viciantemente ativa. Porque não bastasse ser mãe para as dúvidas, medos, insegurança, vontades, cuspes na testa surgirem, fui eu me aventurar a escreve-las.

Criei um blog.

Minha pequena Maria.com.br – Um diário virtual pessoal onde todo santo dia (e com recém nascidos todo dia tem novidade) meus dedos teclavam a rotina da nossa pequena. De casa para o mundo. O objetivo não era apenas dividir com quem quer que pudesse se interessar pela nossa simples vida normal, mas na intensão de escrever, expor, buscar e encontrar respostas. Expondo nossas vidas de modo a trilhar um caminho sem volta, onde só chegaria aonde queria se me jogasse, se investisse fielmente na busca por uma panaceia. E a encontrei.

Encontrei uma alcateia de mães dispostas a ajudar umas as outras – mexe com uma que estarás mexendo com todas – com os mesmos tipos de dúvidas, medos, anseios e alegrias capazes de andar de mãos dadas em plena Av. Paulista por uma boa causa, basta os filhos!

Mães de todo o Brasil e muitas de outros países. E a amizade virtual que se torna real é de arrepiar.

Depois disso, oportunidades aliadas a vontade de expandir os horizontes, de chegar longe mesmo, veio na bagagem.

E o resto vocês já sabem! O Roteiro Baby Campinas não me deixa mentir. Meu terceiro filho que está ai crescendo e me enchendo de orgulho. Meu terceiro filho que me tomou todo tempo que tive que deixar de lado o blog da Maria, privado por N motivos, um deles o tempo, ou melhor dito, a falta dele. Foi com ele que tudo começou, e sinto uma falta danada de contar pra vocês sobre o que acontece por aqui…

…sobre a cama que ainda é compartilhada, sobre o peito que ainda é em livre demanda, sobre a alimentação da Maria que continua devagar, sobre a escolinha, sobre o cocô, sobre trabalho, sobre ser dona de casa, sobre ser esposa e mulher fatal, sobre o que eu andei lendo por ai, ideias, projetos, enfim… de receber o calor dos comentários… de me reconhecer neles, em cada letrinha…e por isso resolvi abrir este cantinho para mim,  para você, para nós! Dividir, compartilhar e somar!

Esperei minha vida toda por isso, e não sabia, hoje me encontrei. Ser mãe me realiza, não sou mais  a Natália, sou a mãe da Giulia e da Maria Clara, muito prazer!

Senta, toma um café e sinta-se em casa! Oi – tem alguém ai?

peledemae

 

Deixe seu comentário